Criolipólise

A criolipólise é um procedimento criado com o suporte tecnológico sendo utilizado a favor da perda das medidas indesejáveis em seu corpo.

O procedimento se resume no congelamento das gorduras localizadas. O aparelho é utilizado sobre a pele e objetiva o congelamento das células de gorduras através de temperaturas baixíssimas.

O contato com as temperaturas reduzidas proporcionam o congelamento e quebra das células, o que induz ao organismo a interpretá-las como “corpos estranhos” e assim, após esse estranhamento, elas serem expelidas pelo corpo. Após a quebra dessas células, o sistema linfático direciona-as para o fígado, onde são metabolizadas sem oferecer prejuízo para o organismo.

Resultados

Os resultados podem ser notados logo a partir da primeira ou segunda sessão, mas a criolipólise funciona mesmo para eliminar gorduras localizadas, e não para reduzir o peso excessivo. Há casos particulares que exigem mais sessões para evidenciar os resultados. A Criolipólise pode eliminar aquelas gordurinhas abdominais que incomodam e não são facilmente eliminadas com as dietas regulares e exercícios físicos.

A criolipólise não funciona apenas para a redução de gorduras abdominais. O aparelho pode ser adequado de acordo com a região do corpo a ser submetida ao procedimento. É como se ocorresse uma adaptação na ponteira existente no equipamento. O rosto não pode ser submetido ao processo, mas se a pessoa possuir tolerância aos desconfortos proporcionados pelas ponteiras, não há contraindicações. Regiões de Papada já tem uma ponteira adaptada.

Cuidados pré e pós-procedimento

Não há indicação de cuidados antes e depois da criolipólise. A pessoa pode manter sua rotina e alimentação normal.

Pode haver momentos de dores e desconfortos durante o procedimento, principalmente no momento de sucção das gorduras localizadas. Após a submissão, a região fica anestesiada. o surgimento de hematomas é comum, mas em casos específicos, eles podem aparecer, mas seu desaparecimento é certo nas horas seguintes ou mesmo dias.

Tempo

A duração das sessões varia de acordo com a região submetida. É comum submeter cerca de 20 centímetros em uma hora. Em caso de regiões mais amplas, indica-se mais sessões, adiando também o reconhecimento dos resultados. O tempo não é fixo e o paciente pode realizar mais de uma área na mesma sessão.

Você verá os primeiros resultados da criolipólise funciona mesmo a partir do sexto dia de quebra de células gordas. Os corpos podem reagir de formas diversas, mas o resultado final para notar diferenças nas medidas é de 3 meses. Obviamente, uma ou duas sessões não oferecerão resultados milagrosos, é importante dedicar-se ao tratamento. Em caso de não percepção dos efeitos da primeira sessão, indica-se a realização de outra no mês seguinte.

Celulite e flacidez

O procedimento não é propriamente indicado para o tratamento de celulites, mas a redução das gorduras localizadas pode reduzir a aparência indesejada na pele. Já a flacidez pode até agravar com a submissão ao procedimento. As mudanças nas medidas podem agravar de acordo com o volume de gordura perdida.

Efeitos colaterais

Podem ocorrer dores ocasionais após a primeira semana da sessão. A pessoa pode ser medicada sem qualquer contraindicação.

Contraindicações

Pessoas que se submeteram recentemente a cirurgias não devem realizar o procedimento estético. Gestantes também devem evitar. É importante que seja feita uma avaliação sobre alergias e intolerâncias a baixas temperaturas. Aqueles que convivem com urticárias, hérnias no local submetido e com infecções na pele devem evitar a criolipólise.